Blog - Lancers

Esclerose Múltipla: cinco fatos sobre a doença

Hoje, é celebrado o Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla (EM).  Comemoração que só foi possível graças ao intenso esforço da Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (ABEM) para que fosse oficializada em 2006 uma data que promovesse a visibilidade da doença e dos desafios enfrentados pelas pessoas que vivem nessa condição.

A Esclerose Múltipla é uma doença inflamatória crônica, e, provavelmente, autoimune que agride a bainha da mielina, substância que envolve e protege as fibras nervosas, o que compromete a função do sistema nervoso, e pode levar a uma variedade de sintomas e desafios para os pacientes, além da imprevisibilidade de surtos.

Fadiga extrema, problemas na visão e na concentração, fraqueza muscular, dificuldade de se locomover são alguns dos obstáculos que as pessoas com EM enfrentam. Por isso a importância de assistência profissional e apoio familiar como suporte ao paciente que convive com a doença.

Você já ouviu falar a respeito da Esclerose Múltipla? Fique por dentro, confira cinco fatos importantes sobre a doença a seguir:

  • Diagnóstico lento – seus sintomas são bem comuns e podem ser confundidos com outras doenças. Diante disso, o médico responsável pelo paciente pode levar algum tempo para o diagnóstico da doença, que pode ser feito por meio de exames mais específicos, como ressonância magnética;
  • Silenciosa – em alguns casos, a doença pode se manifestar silenciosamente, por isso a importância de se realizar exames periódicos de rotina;
  • Primeiros sintomas – para sintomáticos, os primeiros sintomas que normalmente aparecem são fraqueza em um dos lados dos membros, formigamento em algum local do corpo, perda de equilíbrio ao caminhar e dificuldade para enxergar;
  • Sensibilidade ao calor – a presença de calor, por exposição a clima ou banhos quentes, pode piorar os sintomas do paciente;
  • Vitamina D – um estudo recente mostrou que níveis adequados de vitamina D podem nos proteger da Esclerose Múltipla, e, também, reduzem a frequência de surtos em pessoas que já têm a doença.

Além disso, vale considerar que a EM não é uma doença mental nem contagiosa. Apesar de não ter cura, seu tratamento consiste em controlar os sintomas para que o paciente possa ter qualidade de vida. Atualmente, vários métodos de tratamento têm auxiliado pacientes com a doença, como a terapia ocupacional. Você pode conferir nossa matéria sobre o assunto ao clicar aqui.

Neste mês de conscientização sobre a Esclerose Múltipla, vamos unir forças para estimular a empatia e a compreensão. Vamos apoiar uns aos outros, fortalecendo os laços de solidariedade e esperança.

Assine nossa newsletter

As principais notícias da Lancers diretamente em seu e-mail:

Últimos Posts

Saúde bucal

Manter uma boa higiene bucal pode até ajudar na prevenção de doenças cardíacas e diabetes. A saúde bucal está relacionada

Leia mais »

O que é tuberculose?

Considerada uma doença antiga, ainda afeta milhões de pessoas pelo mundo, e acomete principalmente os pulmões. A tuberculose é uma

Leia mais »

Saúde bucal

Manter uma boa higiene bucal pode até ajudar na prevenção de doenças cardíacas e diabetes. A saúde bucal está relacionada

Leia mais »

O que é tuberculose?

Considerada uma doença antiga, ainda afeta milhões de pessoas pelo mundo, e acomete principalmente os pulmões. A tuberculose é uma

Leia mais »

O que é tuberculose?

Considerada uma doença antiga, ainda afeta milhões de pessoas pelo mundo, e acomete principalmente os pulmões. A tuberculose é uma

Leia mais »

Área do beneficiário

2ª via de boletos

Atendimento ao Beneficiário

SAC - Ouvidoria

Enviar mensagem

Rua Paschoal Bardaro, 2055 – Jardim Botânico – CEP 14021-655 – Ribeirão Preto /SP

2013 - 2020 - Todos os direitos Reservados ©